© 2014 - Varejão Tropical - Todos direitos reservados



 


Obesidade pode diminuir expectativa de vida em oito anos, diz estudo

Pesquisa ainda relatou que a doença reduz em até 19 anos o tempo de vida sem diabetes e doenças cardiovasculares.


A obesidade reduz a expectativa de vida em oito anos, de acordo com uma pesquisa
publicada. Além disso, a doença reduz em 19 anos o tempo de vida saudável, isto é, livre de doenças cardiovasculares e diabetes. “A pesquisa mostrou que a obesidade está associada a um maior risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares e diabetes, que reduzem drasticamente a expectativa de vida e os anos sem doenças crônicas”, diz Steven Grover, co-autor do estudo, no Canadá. Os pesquisadores analisaram dados de 4 000 pessoas obtidas no US National Health and Nutrition Examination Survey e criaram um modelo de simulação de doenças para estimar o risco de desenvolvimento do diabetes e de doenças cardiovasculares em adultos com diferentes índices de massas corporais. A partir disso, verificaram o impacto do peso na longevidade e na qualidade de vida em adultos de 20 a 79 anos de idade. O estudo constatou que indivíduos com sobrepeso vivem até três anos menos que pessoas de peso normal. Já a expectativa de vida dos obesos é seis anos menor, e dos obesos mórbidos, oito anos. O efeito do excesso de peso na longevidade era maior para os jovens e caía de acordo com o aumento da idade. Sobre os anos de vida saudável, a análise mostrou que pessoas com sobrepeso e obesidade vivem de seis a doze anos com doenças crônicas. Os mais atingidos foram os adultos entre 20 e 29 anos com obesidade mórbida, que amargavam 19 anos com diabetes e doenças cardiovasculares. De acordo com Grover, os resultados do estudo podem ser úteis para obesos e profissionais de saúde. “É preciso valorizar o estilo de vida saudável, investindo em mudanças na dieta e prática regular de atividade física”, diz.
 

Fonte: Revista Veja, Ed. Abril.